Saídas profissionais

As competências adquiridas durante o curso permitem o desempenho de funções ao nível das chefias intermédias e a sua evolução para o desempenho de funções como quadro superior em empresas industriais, de comércio e de prestação de serviços, em sectores de actividade relacionados com:

  • Metalomecânica,
  • Transportes,
  • Instalações especiais (elevadores, escadas rolantes, electropneumática, hidráulica)
  • Gestão e manutenção industrial,
  • Projecto (automação industrial, redes de ar comprimido, electrónica, construção mecânica, moldes, desenvolvimento de produtos e equipamentos, redes de fluidos, sistemas de aquecimento/ar condicionado, máquinas eléctricas),
  • Planeamento e organização da produção,
  • Obras públicas;
  • Actividade técnico-comercial;
  • Consultoria.

O Engenheiro Mecânico é o mais versátil de todos os Engenheiros. A esmagadora maioria destes profissionais tem encontrado colocação sem quaisquer dificuldades em empresas dos mais diversos sectores.

Actos de engenharia passíveis de serem realizados por alunos de engenharia no final da Licenciatura e acreditados na ordem dos engenheiros técnicos (OET)

  • Projecto Mecânico;
  • Selecção e Ensaio de Materiais;
  • Projecto de Estruturas Metálicas;
  • Produção de Energia;
  • Projecto de Redes de Fluidos;
  • Construção, fabrico e montagem de máquinas, equipamentos e instalações;
  • Automação;
  • Projecto de Motores de Combustão Interna;
  • Projecto de Moldes;
  • Projecto de Transmissão de Calor e Combustão;
  • Construção, fabrico e montagem de máquinas, equipamentos e instalações;
  • Gestão Industrial;
  • Projecto de AVAC;
  • Projecto de Comportamento Térmico de edifí­cios;
  • Projecto de Refrigeração;
  • Planos de Segurança;
  • Manuseamento de Máquinas Ferramenta.